Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/5d8a60210e88254d2fc51225
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

UM MODELO DE OFERTA PARA PEQUENOS RUMINANTES NO ESTADO DO CEARÁ, BRASIL

JOSÉ DE SOUSA NETO; NESTOR GUTIÉRREZ ALEMÁN; MÁRIO M. AMIN

Downloads: 0
Views: 245

Resumo

No Estado do Ceará têm sido freqüentes os períodos caracterizados por quedas na oferta de produtos agropecuários como conseqüência das extremas variações no clima. Este trabalho teve por finalidade desenvolver um modelo econométrico de inventário e oferta para abate de pequenos ruminantes no Estado do Ceará como também fazer uma análise empírica do comportamento dos produtores diante de duas decisões básicas frente a variações bruscas do clima. A estimativ_a do modelo foi feita usando-se o método dos mínimos quadrados ordinários em dois estágios. Os inventários de caprinos e ovinos foram formulados em termos de preços, condições climáticas e inventários de animais no período anterior apresentaram resultados semelhantes em ambos rebanhos, o que reflete estruturas de produção e preços semelhantes. As elasticidades de preço a curto prazo foram -0,07 para caprinos e -0,18 para ovinos evidenciando que os produtores respondem negativamente a incrementos de preços no curto prazo.

Palavras-chave

oferta de caprinos e ovinos, modelo econométrico, estimação de inventários, oferta para abate.

Referências

ANUÁRIO ESTATfSTICO DO BRASIL, Rio de Janeiro, Fundação Instituto Brasileiro de
Geografia e Estatística, 1950-79.
ANUÁRIO ESTAT(STICO DO BRASIL, Rio de Janeiro, Fundação Instituto Brasileiro de
Geografia e Estatística, v.41, 1980. p. 378.
BANCO DO NORDESTE DO BRASIL. Manual de estatística básica do Nordeste. Fortaleza,
1977.
BARROS, M. C. Respuesta de la producción bovina ante cambias de precios: un enfoque econométrico.
s. 1., Universidad Católica de Chile, s. d. (Trabajos de lnvestigación, 8)
CARVALHO, O. A agricultura do Ceará e a seca de 1979. Fortaleza, SAAB, 1979. 49p.
FITZHUG, H. A. & BRADFORD, G. E., eds. Hair sheep of western Africa and the Americas: a
Winrock international study. Boulder Colorado, Westview Press, 1983. p. 125.
GUTIÉRREZ·A, N. F.; DE BOER, A. J.; ALVES, J. U. Interações de recursos e características
econômicas dos criadores de ovinos e caprinos no sertão do Ceará, Nordeste do Brasil.
Sobral, CE, EMBRAPA~NPC, 1981. p. 8 (Boletim de Pesquisa, 3)
GUTIÉRREZ·A, N. F.; DE BOER, A. J.; OSPINA, E. An econometric model of the
Colombian beef sector:1950-1970. Can. J. Agri. Econ., 30(1) :61-70, March 1982.
INDICES ECONÔMICOS. Fundação Getúlio Vargas, v.33, n.11, 1979. Suplemento especial.
JOHNSTON, J. Métodos econométricos. São Paulo, Atlas, 1971.
KOUTSOYIANNIS, A. Theory of econometrics: an introduction exposition of econometrics
methods. Great Britain, B.S. Noble, 1977. p. 493-5.
LATTlMORE, R. G., & SCHUH, G. E. Endogenous policy determination: the case of the Brazilian
beefsector. Can. J. Agri. Econ., 27:1-16, July 1979.

NORES, G. Ouarterly structure of the Argentine beef cattle economy: a stiort run model
1960-1970. [ West Lafayette, lnd. ], Purdue University, 1973.
OSPINA, E. & SCHUMWAY, C. R. Disaggregated econometric analysís of U.S. slaughter beef
supply. Texas, The Texas,_Agricuitural Exp.ariment Station, s.d. {Tectmical Monograph, 9)
REEVES, G. W. & HAYMAN, H, Demand and supply forces in the worid beef market.
a. Rev. Agri. Econ., 28(3):121-51, 1975. p. 121-51.
REUTLINGER, S. Short run beef supply response. J. Farm Econ., 48(4), part 1, 1966.
R. Econ. rural, Brasília, 22(2) :177-191, abr./jun. 1984


Submetido em:
14/02/1984

Aceito em:
21/05/1984

5d8a60210e88254d2fc51225 resr Articles
Links & Downloads

resr

Share this page
Page Sections