Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/5d962b6d0e8825a0072bac33
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

MEIO AMBIENTE E PRODUÇÃO AGROPECUÁRIA NA AMAZÔNIA

Adernar Ribeiro Romeiro

Downloads: 8
Views: 767

Resumo

O objetivo deste trabalho é duplo: em primeiro lugar, discutir as abordagens ao problema de escolha discreta entre preservação e perdas irreversíveis, propostas inicialmente por Krutilla e Fischer (1985), CiariacyWantrup (1952) e Bishop ( 1978), com vistas em traçar um quadro analítico para ser aplicado ao caso da floresta amazônica no Brasil. Trabalha-se com a suposição de que existem suficientes razões (científicas e econômicas) para a preservação de tudo o que resta de floresta na região. Em segundo lugar, procurou mostrar que, apesar disto, do ponto de vista individual dos agentes econômicos que atuam na região, a decisão racional é de susbstituir a floresta por pastagens extensivas para a pecuária bovina, que apresenta maior taxa de retorno. Conclui-se com uma breve exposição das implicações de política ambiental da análise realizada.

Palavras-chave

Amazônia, meio ambiente, políticas ambientais, agropecuária.

Referências

AB'SABER, A.N.(1995). "Elements for a Strategy for Territorial Settlement and Ecodevelopment in the Amazon", in Brazilian Perspectives on Sustainable Development of the Amazon Region, edited by CLUSENER-GODT, M. e SACHS, I. MAB Series, UNESCO/fhe Parthenon Publishing Group.

ALMEIDA, A.L.O.(1992). Colonização Dirigida na Amazônia. Rio de Janeiro: IPEA, série 135.

ALMEIDA, A.L.O.(1994). "Produtive versus Speculative Motives for Deforestation in the Brazilian Amazon", in Anais do XXII Encontro Nacional de Economia~ ANPEC, Florianópolis.

ALMEIDA, O.T. e Uhl,C.(1995). "Identificando os Custos de Usos Alternativos do Solo para o Planejémento Municipal na Amazônia - O Caso de Paragominas (PA)", in Economia Ecológica. Aplicações no Brasil, Org, P. MAY, Redcapa e Editora Campus..

BISHOP, R.C.(1978). "Economics ofendangered species", in American Journal of Agricultural Economics, n. 60.

BROMLEY, D.W. and Vatn,A.(1995). "Choices without prices without apologies", in The Handbook of Environmental Economics, ed. por D.W. BROMLEY, Blackwell Handbooks in Economics, Oxford/ UK and Cambridge/USA.

CIRIACY-WANTRUP, S. von (1952). Resource Conservation: Economics and Policies, University of California Press, Berkerley.

COSTA, F.(1993). Diversidade Estrutural e Desenvolvimento Sustentável: Novos Supostos de Política e Planejamento Agricola para a Amazonia. Cadernos do NAEA - Nucleo de Altos Estudos Amazonicos, Universidade Federal do Pará.

COSTA, F. (1995). Agricultura Familiar em Capitão Poço. Relatório de Pesquisa Preliminar, Nucleo de Altos Estudos Amazonicos - NAEA/Universidade Federal do Pará.

CLUSENER-GODT, M. e SACHS,I.(Ed.) (1994). Extrativism in the Brazilian Amazon: Perspectives on Regional Development, MAB DIGEST 18, UNESCO, 1994.

CLUSENER-GODT, M. e SACHS, I.(Ed.) (1995). Brazilian Perspectives on Sustainable Development of the Amazon Region, editado por CLUSENER-GODT, M. e SACHS, I. MAB Series, UNESCO/The Parthenon Publishing Group.

FEARNSIDE, P.M. (1990). "Estimation of human carrying capacity in rain forest ares", in Trends in Ecology and Evolution, vol. 5, n. 6, June.

GUTIERREZ, M.B.S.(1994). "Estimating the Environmental Benefits of the Amazon Forest: an Intertemporal Valuation Exercise", in Anais do XXII Encontro Nacional de Economia, ANPEC, Florianópolis.

HOMMA, A.K.O. et al.(1995). "Redução dos Desmatamentos na Amazonia: Política Agricola ou Ambiental?", in Anais do XXXID Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural, Vol. II, SOBER, Curitiba.

KIT AMURA, P .C.(1994). A Amazonia e o Desenvolvimento Sustentável. EMBRAPA, Brasília.

KRUTILLA, J. V. and FISHER, A.C.(1985). The Economics of Natural Environments: Studies in the Valuation of Commodity and Amenity Resources, 2 edn. Washington De: Resources for the Future.

LASAT/CAT.(1995). Agriculturas Familiares e Desenvolvimento em Frente Pioneira Amazonica, Relatório de Pesquisa do Laboratório Sócio-Agronomico do Tocantins e Centro Agro-Ecológico do Tocantins.

MITSCHEIN, T., MAGAVE, J., JUNQUEIRA, R.(Org.) (1994). Amazonia.. Aliança em Defesa da Vida~ Série POEMA, NUMA, Universidade Federal do Pará, 1994.

PEARCE, D. e TURNER, R.K.(1990). Economics of Natural Resources and the Environment, Harvester Wheatsheaf, New York.

PRIMAVESI, A.(1980). O Manejo Ecologico do Solo em Regiões Tropicais, São Paulo: Ed. Nobel.

RANDALL, A. e FARMER, M.C.(1995). "Benefits, Costs, and the Safe Minimμm Standard of Conservation", in The Handbook of Environmental Economics, ed. by D.W. BROMLEY, Blackwell Handbooks in Economics, Oxford/UK and Cambridge/USA.

REYDON, B.P.(1992). Mercados de Terras Agrícolas e Determinantes de seus Preços no Brasil. Tese de Doutoramento, Instituto de Economia, UNICAMP.

REYDON, B.P. e ROMEIRO, A.R.Coord.(1994). O Mercado de Terras. Série Pesquisa 13, IPEA, Brasília.

SAWYER, D.R.(1969). Penetration Roads and Population Growth: Patterns of Migration and Settlement on the Belém-Brasília Highway. Senior Honours Thesis, Harvard Colledge.e

SEROA DA MOIT A, R. e MAY, P.H.(1994). "Contabilizando o Consumo de Capital Natural", in Valorando a Natureza. Análise Economica para o Desenvolvimento Sustentável. Org. Seroa da Motta e May, Editora Campus.

SMERALDI, R.et al.(1996). Para uma Amazônia Sustentável. O Desafio da Inovação e o Programa Piloto. Grupo de Trabalho Amazônico (GTA) e Amigos da Terra. São Paulo e Brasília.

TOPALL, O.(1992).Colonisation agricole au · long de la transamazonienne; les systemes de production, 20 ans apres. Une étude de cas, Marabá. CAT/DAA - ENSA, Rennes.

5d962b6d0e8825a0072bac33 resr Articles
Links & Downloads

resr

Share this page
Page Sections