Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/5d963c2e0e882516302bac35
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

ASPECTOS DA REESTRUTURAÇÃO DA CULTURA DA SOJA NO ESTADO DO PARANÁ

Abel Ciro Minniti Igreja

Downloads: 0
Views: 817

Resumo

Transformações estrutur~is na produção da soja no Paraná são analisadas no presente trabalho. Um método quantitativo foi utilizado para detectar os impactos da expansão da soja sobre uma variável denominada Área Total Disputada (ATD). Esta, relacionada à Área Total Recenseada (ATR), fornece uma medida do movimento de remanejamento de áreas no setor agrícola, o Índice de Remanejamento (IR). Descrevem-se os indicadores para os períodos 1970/75 (política de modernização da agricultura, elevado crescimento da economia e estímulos às exportações); 1975/80 (criação dos complexos agroindustriais - CAis -); 1980/85 ( consolidação dos CAis ); e 1985/96 ( consolidação de economias de escala e segmentação da demanda). Para diferentes estratos de área dos estabelecimentos rurais, foi possível inferir a respeito do movimento alocativo da soja no conjunto de atividades e usos do solo. Este é o foco que permitiu verificar movimentos assincrônicos entre o remanejamento de áreas (forte nos anos 70) e o crescimento da escala de operação da soja (mais acentuada nos anos 80). As fontes de reestruturação da cultura da soja no Paraná surgiram muito mais em função de transformações microeconômicas (aumento da escala de produção e segmentação, com a "soja orgânica") do que macroeconômicas e/ou de políticas setoriais.

Palavras-chave

cultura da soja, economia regional, Estado do Paraná.

Referências

CAMARGO, A. M. M. P .. Substituição regional entre as principais atividades agrícolas no Estado de São Paulo. Dissertação de Mestrado. Piracicaba, SP: Esalq/USP, 1983, 236 p ..

CARDOSO, C. E. L .. Efeitos de políticas públicas sobre a produção de mandioca no Brasil. Dissertação de Mestrado. Piracicaba, SP : Esalq USP, 1995, 180p ..

CARDOSO, C. E. L.; Igreja, A. C. M. & Neves, E. M .. Fontes de crescimento da produção de mandioca no Brasil. Revista Brasileira de Mandioca, v. 15, nº'. 1-2, 1996, p. 89-103.

Censo Agropecuário: Paraná ( 1970-1996). Rio de Janeiro : IBGE.

IGREJA, A. C. M.; Packer, M. F. & Rocha, M. B .. A evolução da soja .no Estado de Goiás e seu impacto na composição agrícola. São Paulo, SP : IEA, 1988, 20 p., Relatório de pesquisa, 16/88.

IGREJA, A. C. M. & Camargo, A. M. M. P .. A agropecuária paulista. ln SÃO PAULO. São Paulo no Limiar do séc. XXI, v. 2 (Diagnósticos Setoriais da Economia Paulista), São Paulo: Fundação SEADE, 1992, p. 59-247.

KAGEYAMA, A. A.; Buainain, A. M.; Reydon, B. P.; Silva, J. G.; Silveira,]. M.; Fonseca, M. G.; Ramos, P.; Fonseca, R. B. & Belik, W. ( 1990). O novo padrão agrícola brasileiro: do complexo rural aos CAis. ln Delgado, G. et ai. ( eds.). Agricultura e Políticas Públicas. IPEA,Brasília, p. 113-223.

PARANÁ exporta soja orgânica 30% mais cara. Folha de São Paulo,Caderno Agrofolha, 02/04/97, p. 3.Patrick, G. F. (1975). Fontes de crescimento da agricultura brasileira: o setor de culturas. ln Contador, C. R. ( eds. ). Tecnologia e Desenvolvimento Agrícola. IPEA/INPES, Rio de Janeiro, Série Monográfica 17, p. 89-11 O.

YOKOYAMA, L. P., IGREJAgreja, A. C. M. & Neves, E. M. Modelo shift-share: uma readaptação metodológica e uma aplicação para o Estado de Goiás. Agricultura em São Paulo, 37 (3), 1990, p.19-30.

ZOCKUN, M. H. G. P .. A expansão da soja no Brasil: alguns aspectos da produção. Dissertação de Mestrado. São Paulo : Faculdade de Economia e Administração, Universidade de São Paulo, 1978.

 

5d963c2e0e882516302bac35 resr Articles
Links & Downloads

resr

Share this page
Page Sections