Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/5da0d2c30e8825592fc12059
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

ANÁLISE DA ESTRUTURA PRODUTIVA E DO DESEMPENHO DA AGROINDÚSTRIA PARANAENSE. PERÍODO 1970-85

Laércio Barbosa Pereira

Downloads: 0
Views: 335

Resumo

A análise centraliza-se no processo de transformações da estrutura produtiva da agroindústria paranaense no período 1970-85. Observou-se que estas transformações se exprimiram num estreitamento das relações intersetoriais agricultura/indústria, resul- tando no surgimento e consolidação dos grupos agroindustriais situados a jusante da agropecuária. O interesse do capital oligopolizado (nacional e internacional), a ação do Estado, as condições favoráveis para os produtos de origem agropecuária no mercado internacional no início dos anos 70, bem como o crescente processo de industrialização/ urbanização, com o crescimento no contingente de trabalhadores empregados e a diversificação dos padrões de consumo que aumentaram a demanda por produtos de origem agropecuária, são fatores que estimularam o processo de consolidação das agroindústrias no Paraná, ocasionando transformações significativas na estrutura produ- tiva do Estado. Na análise desse processo, constatou-se que os grupos mais recentes e oligopolizados foram os que, de um lado, apresentaram os melhores desempenhos em termos de produtividade e valores agregados, e, por outro, apresentaram as mais baixas participações dos salários nestes valores agregados. A concentração desigual desses excedentes destinados, fundamentalmente, para lucros, sem dúvidas, comprometeu um melhor desempenho da economia paranaense, especialmente quando o processo de industrialização/urbanização perdia intensidade.

Palavras-chave

Agroindústria paranaense, Estrutura produtiva, Desempenho agroindustrial.

Referências

ARAÚJO Jr. et a1ii (1990). Proteção, competitividade e desempenho exportador da economia brasileira nos anos 80. Pensamento lberoamericano, n. 17, p. 13-38.

BACHA, E. L. (1976). Os mitos de uma década: ensaios de economia brasileira. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

BRUNO, M., SACHS, J. (1985) EconomiesofWorldwide Stagtlation, Harvard University Press.

FIBGE. Censo Industrial do Paraná. 1970, 75, 80 e 85.

_ _ . Censo Industrial do Brasil. 1970, 75, 80 e 85.

GOODMAN, D. (1986). Economia e sociedade rurais a partir de 1945. ln: BACHA, E. L., KLEIN, H. S. (orgs.). A transição incompleta. Rio de Janeiro: Paz e Terra.

IPARDES. (1985). Caracterização da indústria agroalimentar no Paraná. Curitiba. Slp.

____.(1982). Paraná: economia e sociedade. Curitiba. 71 p.

____.(1987). Cenários da economia paranaense: 1987-91. Curitiba. 81 p.

LOURENÇO, G. M. (1990). A indústria paranaense nos anos 80. Análise Conjuntural, Curitiba, IPARDES, v. 12, n. 2, fev.

_ _ . (1988). O processo de ~dustrialização no Paraná e suas perspectivas. Análise Conjuntural, Curitiba, IPARDES, v. 10, n. 4, abr.

PADIS, P. C. (1981). Formação de uma economia periférica: o caso do Paraná. São Paulo, HUCITEC. 235 p.

PEREIRA, L. B. (1994). Análisedodesenvolvimentodossetoresagrícolaeagroindustrial paranaense e suas perspectivas. Florianópolis, UFSC. 125 p. (Relatório de PesquisaparaCNPq) (Mimeo).

_ _ ., LUGNANI, A. C. (1991). Novos rumos da agricultura paranaense na década de 80. R. Est. Econ., São Paulo, FIPE/USP, v. 21, n. 3, p. 351-378, set-dez.

5da0d2c30e8825592fc12059 resr Articles
Links & Downloads

resr

Share this page
Page Sections