Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/5da2a3960e8825064f2371d2
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

IMPLICAÇÕES POLÍTICAS E DISTRIBUCIONAIS DO CONTROLE DO TRYPANOSOMA EVANSI NO PANTANAL, BRASIL

Andrew E Seidl, André Steffens Moraes, Roberto Aguilar Machado S. Silva

Downloads: 0
Views: 280

Resumo

O Pantanal é uma região úmida tropical, com área de 138.000 km2 , localizada no Centro Oeste do Brasil. Contém, aproximadamente, 4.100 propriedades agrícolas, 3 milhões de cabeças de gado, 49.000 cavalos e uma diversidade única de vida silvestre. A pecuária de corte é a atividàde econômica mais importante da região. Este estudo explora os impactos políticos e distribucionais de três estratégias de tratamento economicamente viáveis, com vista à redução dos impactos financeiros do Trypanosoma evansi no Pantanal brasileiro, em quatro categorias de tamanho de propriedade. Indispensáveis à pecuária de corte no Pantanal, os cavalos são dizimados pelo T. evansi, cujo custo anual total de prevenção estimado, nas fazendas de gado do Pantanal, alcança US$ 2,4 milhões. Os resultados indicam que os fazendeiros que possuem mais cavalos tendem a ganhar ou a perder mais em termos brutos, mas menos em termos relativos. Com as estratégias recomendadas permanecendo constantes, ocorrem economias de escala nos tratamentos curativos, resultando na diminuição dos custos do tratamento por animal, em razão do aumento no tamanho da propriedade. Políticas baseadas em incentivos devem refletir os distintos benefícios financeiros para os diferentes tamanhos de fazenda, a fim de garantir ampla adoção dos diversos tratamentos ao menor custo. 

Palavras-chave

Economia veterinária, Trypanosoma evansi, doença tropical de cavalos, análise financeira. 

Referências

CADA VID GARCIA, E. A. Estudo técnico-econômico da pecuária bovina de corte do PantanalMato-Grossense. Corumbá, MS: EMBRAPA-CPAP, 1986. 45 p. (EMBRAPA-CPAP. Documentos, 4).

CADAVID GARCIA, E. A. Análise técnico-econômica da pecuária bovina do Pantanal: Sub-regiões da Nhecolândia e dos Paiaguás. Corumbá, MS: EMBRAPA-CPAP, 1985. 92 p. (EMBRAPA-CPAP. Circular Técnica, 15).

FRANKE, C. R., GREINEIR, M., & MEHLITZ, D. Investigations on naturally occurring Trypanosoma evansi infections in horses, cattle, dogs and capybaras (Hydrochaeris hydrochaeris) in Pantanal de Poconé (Mato Grosso, Brazil). Acta Trop., 58:159-169, 1994.

Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Agropecuário do Mato Grosso do Sul) 1985. Rio de Janeiro, RJ: IBGE, 1990. 392 p. (Censos Econômicos, 25).

PEREGINE, A. S. & MAMMAN, M. Pharmacology of diminazine: a review. Acta Trop., 54:185-203, 1993.

PEREGINE, A. S. Chemotherapy and delivery systems: haemoparasites. véterinary Parasito!., 54: 223-248, 1994.

SEIDL, A. F., MORAES, A.S., & SILVA, R. A. M. S. Outbreak of Trypanosoma evansi in the Brazilian Pantanal: A financial analysis. Revue Elev. Med. vet. Pays trop., 50(4), 1998a. (no prelo).

SEIDL, A. F., MORAES, A. S., & SILVA, R. A. M. S. A financial analysis o f treatment strategies for Trypanosoma evansi in the Brazilian Pantanal. Prev. vét. Med., 19986. (no prelo).

SILVA, R. A. M. S., BARROS, A. T. M de, & HERRERA, H. M. Foyers trypanosomiens dus Trypanosoma dan le Pantanal, Bresil. Une approche preliminaire sur les facteurs de risque. Revue Elev. Med. vet. Pays trop., 48(4): 315-319, 1995.

SILVA, J. S. V. da, SEIDL, A. F., & MORAES, A. S. Evolução da Agropecuária do Pantanal Brasileiro) 1975-1985. Corumbá, MS: EMBRAPA-CPAP, 1998, 186 p. (no prelo).

5da2a3960e8825064f2371d2 resr Articles
Links & Downloads

resr

Share this page
Page Sections