Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/5db1cac20e8825783a61d429
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

RESERVA EXTRATIVISTA DO RIO CAJARI, SUSTENTABILIDADE E QUALIDADE DE VIDA

Aristóteles Viana Fernandes; Lúcia Maria Ramos Silva; Ahmad Saeed Khan

Downloads: 0
Views: 604

Resumo

Estudaram-se os efeitos da decretação da região do rio Cajari em reserva extrativista sobre a qualidade de vida da população. O índice de qualidade de vida foi construído considerando-se o aspecto cumulativo dos bens e serviços obtidos pela população ao longo do tempo e a participação do indivíduo na determinação do seu nível de satisfação. Os resultados indicaram que houve melhorias no nível de qualidade de vida da população.

Palavras-chave

Indicadores socioeconômicos, preservação, Amazônia.

Referências

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente dos Recursos Hídricos e da Amazônia Legal. IBAMA. SUPES-AP/ CNPT. Programa piloto para proteção das florestas tropicais do Brasil - PPG7. Projeto reservas extrativistas. Reserva Extrativista do Rio Cajari. - Macapá : 1995 e 1996a. (Relatórios de Atividades) ( mimeo).

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente dos Recursos Hídricos e da Amazônia Legal. IBAMA. SUPES-AP/ CNPT. Conselho Nacional dos Seringueiros / CNS / AP. Sócio-economia da reserva extrativista do rio Cajari - AP. - Macapá: 1993 ( Relatório de Pesquisa). (mimeo).

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente dos Recursos Hídricos e da Amazônia Legal. IBAMA. SUPES-AP/CNPT. Plano de utilização da Reserva Extrativista do Rio Cajari -AP, 1996b.

BUARQUE, C. Qualidade de vida: a modernização da utopia. Lua nova - Revista de Cultura e Política, N. 31, p.157-165. 1988. COCHRAN, W.G. Técnicas de amostragem.- Rio de Janeiro: Fundo de cultura, 1665- 55 p.

FILOCREÃO, A. S. M. Extrativismo e capitalismo: a manutenção, funcionamento e reprodução da economia extrativista do sul do Amapá.- Campina Grande: Universidade Federal da Paraíba, 1992, 236 p. ( Dissertação de Mestrado).

GUERRERO, S. L. & HAYOS, L. E. A. Qualidade de vida: opção teórica e metodológica. Revista de Economia Rural.- Brasília, V. 21, N.2, p. 172 - 191, abr/jun. 1983.

OLIVEIRA,A.A. de SMITH r. Brasil, MS. Estado do Ceará. Índice de Desenvolvimento Econômico e Sicial: rank dos Municípios - 1991 _- Fortaleza. 1995. 42p. (mimeo).

ONU - Organização da Nações Unidas. Relatório do Desenvolvimento Humano - 1994. - New York. p. 90 - 111

RODRIGUES, M.C.P. O Desenvolvimento Social nas Regiões Brasileiras. Revista Ciência Hoje.- São Paulo, V.13, N 76, p. 38 - 45. Set./1991.

SIEGEL, S. Estatística não-paramétrica.- São Paulo: McGraw-Hill do Brasil, 1975. 350p.

SPIEGEL, M.R. Estatística. 2. Ed.- Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1969. 580p. (Coleção Schaun).

SCHWARTZMAN, S. Desenvolvimento social e qualidade de vida: algumas perspectivas de pesquisa. Revista de Ciências Sociais.- Fortaleza, V. 5, N. 2, p. 101-Ill. 1974.

WALKER, R.T. et al. Sistemas agroflorestais como processo evolutivo: o caso dos agricultores da rodovia Cuiabá-Santarém, no Estado do Pará. ln: CONGRESSO BRASILEIRO SOBRE SISTEMAS AGROFLORESTAIS 1, 1994.- Porto Velho. Anais ... Colombo: EMBRAPA-CNPF, 1994. p. 29- 42.

5db1cac20e8825783a61d429 resr Articles
Links & Downloads

resr

Share this page
Page Sections