Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/5e93102f0e8825c307dafd07
Revista de Economia e Sociologia Rural
ARTIGO ORIGINAL

O IMPACTO DO ATAQUE DO BICUDO NA COTONICULTURA DO SEMI-ÁRIDO CEARENSE

ROBERIO TELMO CAMPOS

Downloads: 0
Views: 91

Resumo

Este trabalho tem por objetivo analisar o impacto causado pelo bicudo do algodoeiro sobre a área cultivada, a produção, a produtividade e a localização e, desta forma, tentar identificar o modelo de crescimento que, no momento, desenvolve-se nas diversas UEP's que compõem a área cotonícola do estado do Ceará. Obser- vou-se que, antes mesmo do surgimento do bicudo, a produção do algodoeiro arbóreo já apresentava um declínio de 10% a.a., enquanto o herbáceo vinha em processo de expansão de área. Com a chegada do bicudo, tanto o algodoeiro arbóreo quanto o herbáceo apresentaram decréscimo na produção da ordem de 22 e 19% ao ano, respectivamente.

Palavras-chave

Algodão, produção, área, produtividade, localização da produção.

Referências

BARREIRO NETO, M. & CARVALHO, O.S. Situação e perspectiva da cotonicultura brasileira com o advento do bicudo. Campina Grande, EMBRAPA/CNPA, 1988. 16 p.

CAMPOS, R.T. Transformações estruturais na cotonicultura cearense. Fortaleza, Departamento de Economia Agrícola, 1993. 21 p. (mimeo).

IGREJA, A.C.M. Evolução da pecuária bovina do corte no Estado de São Paulo no período 1969-84. Piracicaba, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/USP, 1987. 197 p. (Dissertação MS).

LEMOS, J.J.S. Fontes de crescimento e de instabilidade da agricultura no Nordeste do Brasil. Revista de Economia e Sociologia Rural. 28(2): 275-300. Abr./Jun. 1990.

NOBRE, J.M.E. Fontes de crescimento da agricultura do Nordeste. ln: LEITE, P.S. Subdesenvolvimento e Desenvolvimento Rural do Nordeste. Fortaleza, Impren- sa Universitária, 1983. p. 137-62.

PATRICK, G.F. Fontes de crescimento na agricultura brasileira: o setor de culturas. IN: CONTADOR, C.R. Tecnologia e Desenvolvimento Agrícola. Rio de Janeiro, IPEA/ INPES, 1975. p. 89-100.

PAULA PESSOA, P.F.A. & CARMO, I.M. Fontes de crescimento da cajucultura nor- destina e a produção de divisas para o país. Revista Econômica do Nordeste, 18(4): 513-26, out./dez. 1987.

SILVA, P. R. Indicadores sócio-econômicos da economia do Nordeste. Fortaleza, BNB, 1987. p. 33-41.

SIMPLICIO, T.A. Caracterização sócio-econômica do desenvolvimento do setor ru- ral do Nordeste brasileiro. Fortaleza, UFC. Centro de Ciências Agrárias, Depar- tamento de Economia Agrícola, 1985. p. 99 (Dissertação de M.S.).

YOKOY AMA, L.P.; IGREJA, A. C.M. & NEVES, E.M. Modelo "shift-share": uma rea- daptação metodológica e uma aplicação para o Estado de Goiás. IN: Congresso Brasileiro de Economia e Sociologia Rural, 27, Piracicaba. Anais, Brasília, 1989, vol. 1, p. 62-78.


Submetido em:
13/07/1993

Aceito em:
09/02/1994

5e93102f0e8825c307dafd07 resr Articles
Links & Downloads

resr

Share this page
Page Sections