Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/5ea022510e8825ad54c84924
Revista de Economia e Sociologia Rural
ARTIGO ORIGINAL

CARACTERÍSTICAS DA PRODUÇÃO E RELAÇÕES ENTRE FATORES EM PEQUENAS PROPRIEDADES RURAIS DA ZONA DA MATA DE MINAS GERAIS

LUIZ CARLOS AYRES GUIDETTI ZAGATTO; JOÃO EUSTÁQUIO DE LIMA

Downloads: 0
Views: 48

Resumo

Este trabalho teve como objetivo principal analisar as características do processo produtivo em pequenas propriedades rurais ante as dificuldades de modernização desse segmento da agricultura brasileira. Buscou-se suporte na teoria da modernização complementada pelo enfoque utilizado por De Janvry para explicar o processo de geração e adoção de tecnologia. Foram utilizados os conceitos de elasticidade-preço da demanda e de substituição entre terra, mão-de-obra e capital, obtidos através de um sistema de equações de parcelas de gastos derivado de um modelo translog de custos. Verifica-se especialização das propriedades menores em produtos de subsistência e das maiores em produtos com maior densidade de renda. O processo produtivo é caracterizado por certo grau de substitutibilidade entre todos os fatores de produção. Pesquisas e tecnologias devem ser orientadas para o aumento de produtividade dos recursos. Encontraram-se evidências de que para as propriedades menores a pesquisa deve enfatizar aumentos na produtividade da terra e mudanças na composição da produção em direção a produtos com maior densidade de renda, como o café. Para as propriedades maiores (acima de 50 ha) a tecnologia deve basear-se em técnicas mecanizáveis e introdução da pecuária.

Palavras-chave

modernização, translog de custos, pequena produção, elasticidade de substituição.

Referências

ALVES, E.R.A.; PASTORE, A.C. A polftica agrícola do Brasil e a hip6tese de inovação induzida. ln: EMBRAPA (Brasfiia). Coletânea de trabalhos sobre a EMBRAPA. Brasília, 1980.

BARBOSA, T. Agricultura de baixa renda: questões e opções de desenvolvimento. Revista de Economia Rural, Brasfiia, v.16, n.3, p.53-60, jul.lset. 1978.

BINSWANGER, H.P. A cost function approach to the measurementofelasticitiesoffactor demand and elasticities of substitution. American Journal of Economics, Lexington, v.56,n.2, p.377-386, 1974.

COSTA, F.A. da. Análise comparativa da eficiência econômica na alocação de recursos por agricultores da Zona da Mata, MG. Viçosa: Imprensa Universidria, 1980. 65p. Tese de Mestrado.

DE JANVRY, A. Social structure and biased technical change in Argentine agriculture. ln: BINS- WANGER et al. Induce innovation: technology institutions and development. Baltimore: John Hopkins University Press, 1978. cap. 2.

DIAS, G.L.S. Pobreza rural no Brasil: caracterização do problema e recomendações de política. Brasfiia, Comissão de Financiamento de Produção, 1979. 115p, (Coleção Análise e Pesquisa, 16).

EMBRAPA (Brasília). Alternativas de desenvolvimento para os grupos de baixa renda na agricultara brasileira. Brasília, 1974. 3v, v.1.

FIALHO, I.P.M. Tamanho da propricdade, cficiência econômica e modenunização da agricultura. Viçosa: Imprensa Universitária, 1981. 97p. Tese de Mestrado.

FUNDAÇÃO IBGE (Rio de Janeiro). Sinopse preliminar do censo demográfico do Brasil, 1980. IX Recenseamento Geral do Brasil. Rio de Janeiro, 1981. 95p. (VI Tomo 1, n2 1).

GARCIA, J.C. Análise de alocação de recursos por proprietuários e parceiros em área de agricultura de subsistência. Viçosa: Imprensa Universidria, 1975. 56p. Tese de Mestrado.

GOMES, S.T. Condicionantes da modernização do pequeno produtor. São Paulo, IPE/USP, 1986. 181p.

JORDÃO FILHO; A . Determinação da renda familiar em áreas de subsitência no Estado de Sergipe. Viçosa, Imprensa Universitma, 1976. 86p. Tese de Mestrado. ·

LOPES, I.G.V. As produtividade de terra e de mão-de-obra dos pequenos agricultores numa região de São Paulo, dimensões e fatores explicativos. Viçosa, Imprensa Universitá- ria, 1984. 90p. Tese de Mestrado.

LOSS, W.R. Excedente de mã-de-obra rural e sua absorção na agricultura da Zona da Mata de Minas Geais. Viçosa: Imprensa Universitária, 1981. 106p. Tese de Mestrado.

MONTEIRO, J.A. A geração de tecnologia agrícola e a ação de grupos de interesse. São Paulo: USP , 1984. 188p. Tese de Doutorado.

PASTORE, J. Agricultura de subsistência e opções tecnológicas. Estudos Econômicos, São Paulo, v.2, n.3, p.9-18, 1977.

SANTOS, R.F. Presença de Viéses de mudança técnica na agricultura brasileira. São Paulo, IPE/USP , 1986. 176p.

SCHULTZ, T.W. A tranformação da agricultura tradicional. Rio de Janeiro, Zahar, 1965. 207p.

VERAS, E.C. Eficiêcia relativa na alocação de recursos dos agricultores de baixa renda no Brasil. Viçosa, Imprensa Universitma, 1978. 108p. Tese de Mestrado.

ZAGATTO, L.C.A.G. Estrutura produtiva de pequenos agricultores e implicaçõess para a geraçãoo e adoção de tecnologia. Viçosa, Imprensa Universitma, 1990. 112p. Tese de Mestrado.


Submetido em:
11/09/1990

Aceito em:
11/03/1991

5ea022510e8825ad54c84924 resr Articles
Links & Downloads

resr

Share this page
Page Sections