Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/doi/10.1590/1234-56781806-94790550109
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

Avaliação Ex-post de Ato de Concentração na Indústria de Máquinas Agrícolas com o Uso de Séries Temporais

Rodrigo Peixoto da Silva; Carlos Eduardo de Freitas Vian

Downloads: 0
Views: 324

Resumo

Resumo:: Este trabalho analisa a estrutura do mercado de tratores agrícolas no Brasil e mensura os impactos da concentração oriunda da aquisição da Valtra pela AGCO, as duas maiores empresas neste segmento, sobre o indicador de poder de mercado (índice de Lerner). Para isso, foi realizada a estimação de uma função demanda por tratores agrícolas incluindo variáveis de intervenção (dummies de intercepto e de inclinação) para que seus parâmetros fossem utilizados no cálculo do indicador. Utilizou-se para este fim a metodologia de análise de cointegração com um Modelo Vetorial de Correção de Erros (VECM). Os resultados indicam que a concentração não se refletiu em mudanças significativas nas elasticidades preço. No entanto, o poder de mercado, que é elevado em nível, aumentou significativamente após a fusão, devido à parcela de mercado que a AGCO conquistou.

Palavras-chave

Concentração de mercado, tratores agrícolas, cointegração, modelo vetorial de correção de erros, poder de mercado.

Referências

ALVES, D. C. O; BUENO, R. L. S. Short-run, long-run and cross elasticities of gasoline demand in Brazil. Energy Economics, Elsevier, 2003. Disponível em: <Disponível em: http://www.linkinghub.elsevier.com/retrieve/pii/S0140988302001081 >. Acesso em: 2 mar. 2016.

ANFAVEA. Anuário da indústria automobilística brasileira, 2005 a 2014. Disponível em: <Disponível em: http://www.anfavea.com.br/anuario.html >. Acesso em: 3 set. 2014.

ANFAVEA. Anuário da indústria automobilística brasileira, 2009. Disponível em: <Disponível em: http://www.anfavea.com.br/anuario.html >. Acesso em: 3 set. 2014.

ANFAVEA. Anuário da indústria automobilística brasileira, 2012. Disponível em: <Disponível em: http://www.anfavea.com.br/anuario.html >. Acesso em: 3 set. 2014.

ANFAVEA. Base de dados estatísticos. Disponível em: <Disponível em: http://www.anfavea.com.br/tabelas.html >. Acesso em: 5 nov. 2013.

ANUÁRIO DO INSTITUTO DE ECONOMIA AGRÍCOLA - 2005. Estimativa de custo de operação de máquinas e implementos agrícolas. São Paulo, v. 17, n. 1, p. 57, 2006.

ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO CRÉDITO RURAL ANUÁRIO ESTATÍSTICO DO CRÉDITO RURAL - 1999 a 2010. Disponível em: <Disponível em: https://www.bcb.gov.br/?id=RELRURAL&ano=1999 >. Acesso em: 3 nov. 2013.

APPELBAUM, E. The estimation of degree of oligopoly power. Journal of Econometrics, Lausanne, v. 19, p. 287-299, 1982.

BAIN, J. S. Barriers to New Competition. Cambridge: Harvard University Press, 1956.

BAIN, J. S. Industrial organization. 2. ed. New York: John Wiley & Sons, 1968.

BARICELO, L. G; BACHA, C. J. C. Oferta e demanda de máquinas agrícolas no Brasil. Revista de política agrícola, Brasília, v. 22, 2013, p. 67-83.

BAUMOL, W. J; PANZAR, J. C; WILLIG, R. D. Contestable Markets: an Uprising in the Theory of Industry Structure. The American Economic Review, Pittsburgh, v. 73, n. 3, p. 491-496, 1983.

BCB - Banco Central do Brasil. Sistema gerenciador de séries temporais: banco de dados do Banco Central. Disponível em: <Disponível em: https://www3.bcb.gov.br/sgspub/localizarseries/localizarSeries.do?method=prepararTelaLocalizarSeries >. Acesso em: 13 nov. 2013.

BRAGAGNOLO, C; PITELLI, M. M; MORAES, M. A. F. D. Concentração e poder de mercado na indústria brasileira de tratores. Revista de Economia e Administração, São Paulo, p. 425-455, out./dez. 2010.

BRESNAHAN, T. F. The oligopoly solution concept is identified. Economics Letters, v. 19, 1982, p. 87-92.

BRESNAHAN, T. F Empirical Studies of Industries with Market Power. In: SCHMALENSEE, R; WILLIG, R. (Ed.). Handbook of Industrial Organization. Amsterdã, 1989, p. 1011-1057.

BUENO, R. D. L. D. S. Econometria de Séries Temporais. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

CHURCH, J; WARE, R. Industrial organization: a Strategic Approach. Irwin: McGraw-Hill, 2000.

DASKIN, A. J. Deadweight Loss in Oligopoly: a New Approach. Southern Economic Journal, v. 58, n. 1, jul. 1991, p. 171-185.

DAVIS, G. W; BAILEY, D. V; CHUDOBA, K. M. Defining and meeting the demand for agricultural machinery in China: a case study of John Deere. International Food and Agribusiness Management Review, College Station, v. 13, n. 3, 2010, p. 97-120.

DEATON, A; MUELLBAUER, J. An Almost Ideal Demand System. American Economic Review, v. 70, n. 3, 1980a, p. 312-326.

ELLISON, G. Theories of cartel stability and the Joint Executive Committee. RAND Journal of Economics, v. 25, 1994, p. 37-57.

ENDERS, W. Applied Econometric Time Series. 4. ed. New York: John Wiley & Sons , 2015.

ENGLE, R. F; GRANGER, C. W. J. Cointegration and Error Correction: Representation, Estimation and Testing. Econometrica, Oxford, v. 55, p. 521-276, mar. 1987.

FONTENELE, A. M. De Mason e seus estudos de casos à firma jogando em um contexto estratégico: uma história do progresso nas teorias da organização industrial. Ensaios FEE, Porto Alegre, v. 21, n. 2, 2000, p. 32-57.

GARCÍA, G. M. C. La industria argentina de maquinaria agrícola. Revista de la CEPAL, Santiago do Chile, n. 96, dic. 2008, p. 221-237.

GRILICHES, Z. The Demand for a Durable Input: U.S. Farm Tractors 1929-1957. In: HARBER, A. C. (Ed.). The Demand for Durable Goods. Chicago: University of Chicago Press, 1960, p. 181- 207.

IEA - Instituto de Economia Agrícola. Banco de dados. Disponível em: <Disponível em: http://www.iea.sp.gov.br/out/bancodedados.html >. Acesso em: 8 maio 2013.

JOHANSEN, S. Estimation and hypotesis testing of cointegration vectors in gaussian vector autoregressive models. Econometrica, Oxford, v. 59, p. 1551-1580, nov. 1991.

KUDRLE, R. T. Agricultural tractors: a World Industry Study. Cambridge: Ballinger Publishing Company, 1975.

LABINI, P. S. Oligopólio e progresso técnico. São Paulo: Abril, 1984.

LIM, K. et al. Short-Run and Long-Run Elasticities of Diesel Demand in Korea. Energy Economics, Elsevier, 2012. Disponível em: <Disponível em: http://www.mdpi.com/1996-1073/5/12/5055/htm >. Acesso em: 1 mar. 2016.

MACKINNON, J. G. Critical Values for Cointegration Tests. In: ENGLE, R. F; GRANGER, C. W. J. Long-Run Economic Relationships: readings in cointegration. New York: Oxford University Press, 1991, p. 267-276.

MASON, E. S. Price Production Policies of Large-Scale Enterprise. American Economic Review, v. 29, n. 1, p. 64-71, mar. 1939.

MORETTIN, P. A. Econometria financeira: um curso de séries temporais financeiras. 2. ed. São Paulo: Blucher, 2011.

MORTATTI, C. M; MIRANDA, S. H. G; BACCHI, M. R. P. Determinantes do comércio Brasil-China de commodities e produtos industriais: uma aplicação VECM. Economia Aplicada, v. 15, n. 2, p. 311-335, 2011.

PALA, A. Structural Breaks, Cointegration and Causality by VECM Analysis of Crude Oil and Food Price. International Journal of Energy Economics and Policy, v. 3, n. 3, p. 238-246, 2013.

PORTER, R. A Study of Cartel Stability: the Joint Executive Committee, 1880-1886. Bell Journal of Economics, v. 14, p. 301-314, 1983.

POSSAS, M. L. Estruturas de Mercado em Oligopólio. São Paulo: HUCITEC, 1985.

SEAE - Secretaria de Acompanhamento Econômico. Ato de concentração nº 08012.007603/2003-66. Rio de Janeiro, 2004.

SILVA, R. P. A indústria de máquinas agrícolas, formação de um oligopólio, internacionalização e poder de mercado, Piracicaba, 2015, p. 114. Disponivel em: <Disponivel em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-22042015-151830/pt-br.php >. Acesso em: 15 abr. 2015.

STEINDL, J. Pequeno e grande capital: problemas econômicos do tamanho das empresas. São Paulo: Hucitec, 1990.

STONE, J. R. N. Linear Expenditure Systems and Demand Analysis: an Application to the Pattern of British Demand. The Economic Journal, v. 64, n. 255, 1954, p. 511-527.

TIROLE, J. The Theory of Industrial Organization. Cambridge: MIT Press, 1988.

VIAN, C. E. D. F. Dinâmica dos investimentos no subsetor de máquinas agrícolas. In: SABBATINI, R. Perspectivas do investimento no Brasil. Campinas: Unicamp, 2009, p. 111-133.

VIAN, C. E. D. F et al. Origens, evolução e tendências da indústria de máquinas agrícolas. Revista de Economia e Sociologia Rural, Brasília, v. 51, n. 4, p. 719-744, out./dez. 2013.

WALLEY, K; CUNSTANCE, P; TAYLOR, S. The importance of brand in the industrial purchase decision: a case study of UK tractor market. Journal of Business & Industrial Marketing, Bradford, v. 22, jun. 2007, p. 383-393.
 

5ced9e670e8825364ea63c12 resr Articles
Links & Downloads

resr

Share this page
Page Sections