Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/doi/10.1590/1806-9479.2020.177560
Revista de Economia e Sociologia Rural
ARTIGO ORIGINAL

A prática do leilão como proposta de mercado eficiente para a feira de gado: o caso de Alagoas

The practice of the auction as an efficient market proposal for the cattle fair: the case of Alagoas

José Adeilton da Silva Filho; Fabrício Rios Nascimento Santos

Downloads: 0
Views: 8

Resumo

O artigo analisou a prática do leilão como proposta de mercado eficiente para a feira de gado de Alagoas. O objetivo foi verificar os impactos econômicos decorrente da adoção da prática do leilão, uma vez que o modus operandi atual sofre interposições oriundas do desequilíbrio do poder de barganha e da assimetria informacional, não permitindo uma alocação eficiente. A pesquisa foi realizada nas duas maiores feiras do estado, que ocorrem no município de Dois Riachos e no povoado de Canafístula de Frei Damião, no município de Palmeira dos Índios. Após aplicação de questionário e visitas in loco, foi possível diagnosticar que o mercado de barganha presente na feira é ineficiente, existindo assimetria informacional nas relações entre comprador e vendedor, o que resulta numa divisão desigual do conjunto em conflito, com 47% para o vendedor e 53% para o comprador, evidenciando menos poder de barganha para o vendedor. A prática do leilão muda o jogo para não cooperativo, eliminando os problemas preexistentes e fazendo com que as médias dos preços dos animais vendidos sejam maiores. Sendo assim, a prática do leilão é uma alternativa viável para o aumento da eficiência da feira de gado de Alagoas.

Palavras-chave

Alagoas, feira de gado, leilões

Abstract

This article analyzed the practice of the auction as an efficient market proposal for the Livestock Fair of Alagoas. The aim of this work is to verify the economic impacts resulting from the adoption of the auction practice, since the current modus operandi is subject to interpositions arising from the imbalance of bargaining power and informational asymmetry, not allowing an efficient allocation. The research was carried out in the two largest fairs of the State, occurring in the municipality of Dois Riachos and in the village of Canafístula de Frei Damião in the municipality of Palmeira dos Índios. After the questionnaire application and in loco visits, it was possible to diagnose that the bargain market present at the fair is inefficient, existing informational asymmetry in buyer and seller relations, resulting in an unequal division of the conflict set, with 47% for the seller and 53% for the buyer. Therefore, this fact evidenced the lower bargaining power for the seller. The practice of auction changes the game to non-cooperative, eliminating the pre-existing problems and making the average prices of the animals sold are higher. Thus, the practice of the auction is a viable alternative to increase the efficiency of the Livestock Fair of Alagoas.

Keywords

Alagoas, fair livestock, auctions

Referências

Lei nº 8.666 de 21 de junho de 1993. Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. 1993.

Demográficas e Socioeconômicas.. 2016.

Dias M. A. G. Opções reais híbridas com aplicações em petróleo. 2005.

Jehle G. A., Reny P. J. Advanced Microeconomic Theory. 2011.

Lira F. J. Formação da riqueza e da pobreza de Alagoas. 2007.

Machado Filho C. A. P. Leilões de animais no Brasil. Revista de Administração. 1994;29(1):76-82.

Menezes F. M. Uma introdução à teoria de leilões. Brazilian Review of Econometrics. 1994;14(2):235-55.

Miranda Â. T. Urbanização do Brasil - Consequências e características das cidades. Pedagogia & Comunicação. 2006.

Napel S. Bilateral Bargaining: Theory and applications. 2002.

Nash J. F. Equilibrium Points in n-Person Games. Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America. 1950;36(1):48-9.

Nash J. F. The bargaining problem. Econometrica. 1950;18(2):155-62.

Nash J. F. Non-Cooperative Games. The Annals of Mathematics. 1951;54(2):286-95.

Nash J. F. Two-Person Cooperative Games. Econometrica. 1953;21(1):128-40.

Nicholson W., Snyder C. Microeconmic Theory: Basic principles and extensions. 2008.

Osborne M. J., Rubinstein A. A Course in Game Theory. 1994.

Rubinstein A. Perfect equilibrium in a bargaining model. Econometrica. 1982;50:97-109.

Santos A. M. Falta de consciência em problemas de barganha de 2 jogadores. 2009.

Varian H. R. Microeconomia: princípios básicos. 2006.

Vickrey W. Counterspeculation, auctions, and competitive sealed tenders. The Journal of Finance. 1961;16(1):8-37.


Submetido em:
24/05/2017

Aceito em:
21/04/2019

5ef60e350e88254d79e5dce5 resr Articles

resr

Share this page
Page Sections