Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/doi/10.1590/1806-9479.2020.206751
Revista de Economia e Sociologia Rural
ARTIGO ORIGINAL

Testando a hipótese do mercado central: uma análise dos preços do boi gordo na presença de quebras estruturais

Testing central market hypothesis: an analysis of beef cattle prices in the presence of structural breaks

Aline de Queiroz Assis Andreotti Pancera; Alexandre Florindo Alves

Downloads: 0
Views: 32

Resumo

Com a intenção de compreender a dinâmica dos preços e as consequências de choques exógenos no mercado do boi gordo, a presente pesquisa buscou identificar se mudanças na estrutura da cadeia produtiva e no comportamento dos preços alteraram os centros formadores de preços do boi gordo no Brasil entre 2006 e 2017. Isso representa uma contribuição expressiva, uma vez que os estudos encontrados recentemente usavam formadores de preços de estudos defasados ou não consideravam os possíveis efeitos das quebras estruturais nas análises. Então, pretendeu-se testar a presença de quebras estruturais por meio do teste Chow e, conforme metodologia proposta por Asche et al. (2012), delimitar espacialmente o mercado do boi no Brasil pelo teste de cointegração de Johansen (1988, 1995) e identificar os centros formadores de preços pelo teste de exogeneidade fraca. O resultado do teste de quebra estrutural conjunta dividiu a série em três períodos distintos. No período I (início de 2006 a 2008), a região de São Paulo foi a que apresentou maior influência nos preços de outras regiões. Nos períodos II (2009 a 2013) e III (2014 a início de 2017), Mato Grosso do Sul passou a ser o estado com maior influência nos preços. Desse modo, comprovou-se que as modificações verificadas no agronegócio do boi e choques exógenos alteraram o mercado comum e o centro formador de preços no período analisado.

Palavras-chave

centro formador de preços, quebra estrutural, diferenciais de preços

Abstract

Aiming to understand price dynamics and the consequences of exogenous shocks in the fat cattle market, the current study has as main goal to identify if structural changes in supply chain and in price dynamics led to changes in the Brazilian beef cattle central market between 2006 and 2017. Therefore, it was intended to test the presence of structural breaks through the Chow test and, according to methodology proposed by Asche et al. (2012), spatially delineate the beef market in Brazil by the Johansen cointegration test (1988, 1995) and identify the central market by the weak exogeneity test. According to the structural breaks test the series was divided into three smaller samples defined by Period I, II and III. In the Period I (early 2006 to 2008), São Paulo was the region that presented the deepest influence on prices comparing to other ones and it was identified as the central market. In the Period II (2009 to 2013) and III (2014 to early 2017), Mato Grosso do Sul became the central market. In conclusion, the results pointed out that the regional changes on beef cattle agribusiness changed the common economic market and the central market over the analyzed period.

Keywords

central price market, market integration, structural breaks, price variations

Referências

Abitante K. G. Co-integração entre os mercados spot e futuro: evidências dos mercados de boi gordo e soja. Revista de Economia e Sociologia Rural – RESR. 2008;46(1):75-96.

Andrews D. W. K. Tests for parameter instability and structural change with unknown change point. Econometrica. 1993;61(4):821-56.

Andrews D. W. K. Optimal tests when a nuisance parameter is present only under the alternative. Econometrica. 1994;62(6):1383-414.

Asche F., Gjoberg O., Guttormsen A. G. Testing the central market hypothesis: a multivariate analysis of Tanzanian sorghum markets. Agricultural Economics. 2012;1:1-9.

Azevedo P. F., Politi R. B. Concorrência e estratégias de precificação no sistema agroindustrial do leite. Revista de Economia e Sociologia Rural – RESR. 2008;46(3):767-802.

Bai J., Perron P. Estimating and testing linear models with multiple structural changes. Econometrica. 1998;66:47-78.

Bai J., Perron P. Computation and analysis of multiple structural change models. Journal of Applied Econometrics. 2003;18:1-22.

Balcombe K., Bailey A., Brooks J. Threshold effects in price transmission: the case of Brazilian wheat, maize and soya prices. American Journal of Agricultural Economics. 2007;89(2):308-23.

Bressan A. A., Lima J. E. Modelos de previsão de preços aplicados aos contratos futuros de boi gordo na BM&F. Nova Economia. 2002;12(1):117-40.

Campos S. K., Silva A. F., Costa J. S., Zilli J. B. Análise da cointegração e causalidade dos preços de boi gordo em diferentes praças nas regiões Sudeste e Centro-oeste do Brasil. 2008.

Dados diários preço do boi gordo. 2017.

Chow G. C. Tests of equality between sets of coefficients in two linear regressions. Econometrica. 1960;28(3):591-605.

Cleveland R. B., Cleveland W. S., McRae J. E., Terpenning I. STL: A seasonal-trend decomposition procedure based on loess. Journal of Official Statistics. 1990;6:3-73.

Cunha D. A., Lima J. E., Braga M. J. Integração espacial do mercado brasileiro de boi Gordo: uma análise de cointegração com Threshold. Análise Econômica. 2010;28(53):251-67.

Cysne R. P., Issler J. V.,, Lima L. R. R. O, Hostalácio H. Impacto do PIS e da COFINS na inflação: uma abordagem econométrica usando o teste de janela variável. Economia Aplicada. 2009;13(2):185-206.

De Zen S. Integração entre os mercados de boi gordo e de carne bovina nas regiões centro-oeste e sudeste do Brasil. 1997.

De Zen S., Barros G. S. C. Formação de preços do boi, uma perspectiva histórica. Visão Agrícola. 2005;3:120-2.

Enders W. Applied econometric times series. 2004:429.

Fackler P. L., Goodwin B. K. Spatial price analysis.. Handbook of agricultural economics. 2001;1(B):972-1018.

Faminow M. D., Benson B. L. Integration of Spatial Markets. American Journal of Agricultural Economics. 1990;72(1):49-62.

Filgueiras G. C., Quieroz J. C. B., Santos R. B., Diniz M. B., Diniz M. J. T. Causalidade de preço do mercado de carne de boi gordo para seis estados brasileiros, 1994 a 2003. 2006;44.

Gaio L. E., Castro Júnior L. G., Oliveira A. R. Causalidade e elasticidade na transmissão de preço do boi gordo entre regiões do Brasil e a Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). Organizações Rurais & Agroindustriais. 2005;7(3):282-97.

González-Rivera G., Helfand S. M. The extent, pattern, and degree of market integration: a multivariate approach for the brazilian rice market. American Journal of Agricultural Economics. 2001;3(83):576-92.

Gonzalo J., Granger C. W. J. Estimation of Common LongMemory Components in Cointegrated Systems. Journal of Business & Economic Statistics. 1995;13:27-36.

Goodwin B. K., Schroeder T. C. Cointegration tests and spatial price linkages in regional cattle markets. American Journal of Agricultural Economics. 1991;73(2):452-64.

Gujarati D. Econometria Básica. 2006.

Hansen B. Approximate asymptotic p values for structural-change tests. Journal of Business & Economic Statistics. 1997;15(0):60-7.

Hansen B. E. The new econometrics of structural change: dating breaks in U.S. labor productivity. The Journal of Economic Perspectives. 2001;15(4):117-28.

Haywood J., Randall J. Trending seasonal data with multiple structural breaks. NZ visitor arrivals and the minimal effects of 9/11.. Research report 08/10.. 2008.

Pesquisa trimestral do abate de animais. 2016.

Pesquisa pecuária municipal. 2017.

Johansen S. Statistical analysis of cointegration vectors. Journal of Economic Dynamics & Control. 1988;12(1):231-54.

Johansen S. Identifying restrictions of linear equations with applications to simultaneous equations and cointegration. Journal of Econometrics. 1995;69:111-32.

Johansen S., Juselius K. Identification of the long-run and the short-run structure: an application to the IS-LM model. Journal of Econometrics. 1994;54:159-78.

Lafranco B. A., Ferraro B., Rostán F. Beef Cattle in the MERCOSUR bloc: Integrated or Separate Markets?. 2015.

Lanne M., Lütkepohl H. Unit root tests for time series with level shifts: a comparison of different proposals. Economics Letters. 2002;75:109-14.

Macaulay F. R. The Smoothing of Time Series.. 1931.

Margarido M. A. Análise da transmissão espacial de preços no mercado internacional de soja. Revista de Economia e Administração, São Paulo. 2012;11(3):281-303.

Marshall A. Principles of economics: unabridged eight edition.. 2009.

Mattos L. B. Efeitos de custos de transação sobre a integração espacial de mercados regionais de carne de frango no Brasil. 2008.

Mattos L. B. de, Lirio V. S., Lima J. E. de, Campos A. C. Uma aplicação de modelos TAR para o mercado de carne de frango no Brasil.. EconomiA. 2010;11(3):537-57.

Melo G. B. Integração entre os mercados de boi para abate na Argentina e no Brasil. 2010.

Oliveira D. B. O., Procópio D. P. Interdependência e formação dos preços de boi gordo nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás no período de 1980 a 2015. 2016.

Agricultural outlook. 2015.

Pereira L. R. R. Integração espacial no mercado do boi gordo. 2005.

Pitelli M. M. Testes de preços para a determinação do mercado relevante geográfico e de produto: uma aplicação empírica ao mercado brasileiro de compra de bovinos. 2008.

Qu Z., Perron P. Estimating and testing structural changes in Multivariate regressions. Econometrica. 2007;75(2):459-502.

Quandt R. Tests of the hypothesis that a linear regression obeys two separate regimes. Journal of the American Statistical Association. 1960;55(0):324-30.

Ravallion M. Testing market integration. American Journal of Agricultural Economics. 1986;68(1):102-9.

Sachs R. C. C., Pinatti E. Análise do comportamento dos preços do boi gordo e do boi magro na pecuária de corte paulista, no período de 1995 a 2006. Revista de Economia e Agronegócio. 2007;5(3):329-52.

Santos H. D., Silva Neto A. S. N. Relação de longo prazo entre os preços do produtor e do varejo da carne bovina em Goiás.. 2012.

Schwarz G. Estimating the dimension of a model. Annals of Statistics. 1978;6:461-4.

Shikida C., Paiva G. L., Junior A. F. A. Análise de quebras estruturais na série do preço do boi gordo no Estado de São Paulo. Economia Aplicada. 2016;20(2):265-86.

Silva Neto W. A., Fraga G. J., Marques P. V. Eficiência de mercado: evidências empíricas para os preços spot e futuro de boi gordo. Revista de Economia. 2010;36(3):7-24.

Silva J. R., Margarido M. A. Análise da transmissão espacial de preços no mercado de mandioca. Revista de Economia e Administração, São Paulo. 2009;8(4):464-84.

Soares T. C., Lopes L. S. Quebras estruturais sistêmicas e efeito threshold na dinâmica dos preços do boi gordo: o caso das regiões Sudeste e Centro-Oeste. Revista de Economia e Sociologia Rural. 2015;53(2):343-60.

Sousa E. P., Campos A. C. Transmissão de preços no mercado brasileiro de soja.. 2008.

Urso F. S. P. A cadeia da carne bovina no Brasil: uma análise de poder de mercado e teoria da informação. 2007.

Zilli J. B., Silva A. F., Campos S. K., Costa J. S. Análise da cointegração e causalidade dos preços de boi gordo em diferentes praças nas regiões Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. Revista de Economia Agrícola. 2008;55(2):105-19.


Submetido em:
05/07/2018

Aceito em:
03/11/2019

5f4fe3140e8825cf7d7dc2e4 resr Articles

resr

Share this page
Page Sections