Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/doi/10.1590/S0103-20032003000400006
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

Relações comerciais e de preços no mercado nacional de combustíveis.

Marta Cristina Marjotta-Maistro; Geraldo Sant'Ana de Camargo Barros

Downloads: 0
Views: 511

Resumo

Em janeiro de 2002 o setor de combustíveis entrou definitivamente no livre mercado. Os preços da refinaria deixaram de ser regulados e permitiu-se a importação de derivados de petróleo por empresas privadas. Os preços do álcool foram liberados desde o final da década de 1990. Os objetivos deste estudo são: caracterizar o funcionamento do mercado de combustíveis identificando os principais fatores que interferem na tomada de decisão dos seus agentes; estimar equações de demanda por gasolina C, oferta de álcool anidro e gasolina A e calcular as elasticidades de transmissão de preços. Os resultados mostraram inelasticidade com relação à renda e ao preço da demanda de gasolina e inelasticidade-preço das ofertas de anidro e gasolina A. Considerando as elasticidades de transmissão, concluiuse que um aumento na demanda de gasolina C tende a aumentar o preço do álcool anidro mais que proporcionalmente ao preço da gasolina C; o preço do álcool anidro tenderá a variar mais que proporcionalmente ao preço da gasolina C caso haja choques de oferta de álcool anidro e, no caso de variações na oferta de gasolina A, os preços do álcool e da gasolina C tendem a variar em direções opostas.

Palavras-chave

álcool anidro; gasolina; desregulamentação.
5cf83c780e8825384558d25b resr Articles

resr

Share this page
Page Sections