Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/doi/10.1590/S0103-20032004000200004
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

Estrutura produtiva, relações intersetoriais e cooperativas agropecuárias no Paraná em 1980 e 1985

Rossana Lott Rodrigues; Joaquim J. M. Guilhoto

Downloads: 0
Views: 886

Resumo

Este artigo delimita e caracteriza o 'setor' cooperativa na economia do Paraná e desagrega o setor Agropecuária e os setores componentes da Indústria Alimentar das matrizes de insumo-produto, construídas para o Estado para os anos de 1980 e 1985, em Cooperativa e não-Cooperativa. O objetivo da pesquisa é caracterizar, de forma sistêmica, o perfil das relações intersetoriais, detectar os setores-chave e verificar a evolução da estrutura produtiva paranaense, destacando o(s) setor(es) relacionados às Cooperativas. A análise é realizada considerando 40 setores. As principais conclusões mostram que: os setores Celulose, Papel e Gráfica e Indústria Têxtil foram chave em 1980 e 1985, portanto, setores dinâmicos e importantes para o crescimento da economia estadual; a estrutura produtiva paranaense mostrou-se mais diversificada de 1980 para 1985, revelando conseqüente incremento da complexidade econômica; os coeficientes técnicos das cooperativas agropecuárias apresentaram-se muito similares aos das empresas não-cooperativas, evidenciando que aquelas estão acompanhando, de perto, a evolução tecnológica ocorrida nas não-cooperativas que atuam nos setores Agropecuária e na Indústria Alimentar.

Palavras-chave

análise econômica, cooperativa agropecuária, economia regional, insumo-produto, relação intersetorial
5d0539c10e8825ca7c480c82 resr Articles

resr

Share this page
Page Sections