Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/doi/10.1590/S0103-20032005000100008
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

Valoração econômica dos impactos ambientais de tecnologias de plantio em região de Cerrados

Waldecy Rodrigues

Downloads: 0
Views: 245

Resumo

A expansão da fronteira agrícola nos Cerrados com a produção agropecuária em larga escala amplia os custos ambientais, porém sua intensidade depende essencialmente da técnica de plantio adotada. O estudo valora economicamente, através do Método Custo-Reposição (MCR), os impactos ambientais de tecnologias de plantio de soja e milho em região de Cerrados. No caso da soja a adoção do plantio direto eleva o custo de produção em 0,47%, mas provoca uma redução de (- 81,22%) no custo ambiental. No cultivo do milho, os custos de produção do plantio direto são (- 5,92%) menores do que os referentes ao plantio convencional e provoca uma redução no custo ambiental em (- 29,43%). Na região específica do estudo os danos ambientais anuais causados pelo plantio convencional foram estimados em R$ 317.213,39 e no plantio direto de R$ 81.375,76. A adoção do plantio direto nas culturas de soja e milho demonstra sua maior eficácia social pela redução do processo erosivo dos solos e do assoreamento de recursos hídricos.

Palavras-chave

Método custo-reposição, custos ambientais, commodities e meio ambiente
5d0634bd0e88258750f70b6e resr Articles

resr

Share this page
Page Sections