Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/doi/10.1590/S0103-20032005000100010
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

Degradação ambiental no estado de Minas Gerais

Elaine Aparecida Fernandes; Nina Rosa da Silveira Cunha; Rubicleis Gomes da Silva

Downloads: 0
Views: 274

Resumo

As atividades agrícolas sempre tiveram, historicamente, grande relevância para a economia e, dentro deste contexto, o meio ambiente ficou relegado a segundo plano, uma vez que está sempre ocorrendo degradação ambiental, o que leva à indagação de quais efeitos os municípios teriam sofrido e quais as características comuns existentes entre eles. Objetiva-se neste artigo quantificar o nível de degradação ambiental dos municípios mineiros. Especificamente, pretende-se, por meio de análise estatística multivariada, determinar indicadores econômicos, populacionais e biológicos que impactam na degradação, quantificar a degradação ambiental dos municípios mineiros e agrupá-los de acordo com suas características similares. Pelos resultados verifica-se que Minas Gerais possui um índice de degradação (ID) médio de 86%, devendo-se destacar que mais de 40% de seus municípios obtiveram valores do ID iguais a 1; os demais apresentaram acima de 0,70, significando 70% do território degradado. As exceções ocorreram nos municípios de Senador Amaral e Bom Repouso, que obtiveram IDs mínimos de 0,04 e 0,10, respectivamente.

Palavras-chave

degradação ambiental, análise fatorial, análise de cluster.
5d0636380e88258150f70b72 resr Articles

resr

Share this page
Page Sections