Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/doi/10.1590/S0103-20032008000100001
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo Original

A extensão rural na perspectiva de agricultores assentados do Pontal do Paranapanema – SP 

Luís Renato Silva Taveira; Julieta Teresa Aier de Oliveira.

Downloads: 0
Views: 871

Resumo

A política de assentamentos rurais do governo do estado de São Paulo, conduzida pela Fundação Itesp, possui um serviço de assistência técnica e extensão rural (ATER) próprio, pensado para atender às demandas específicas de seu público. Este artigo procura verificar se o serviço de extensão rural da Fundação Itesp corresponde às expectativas dos agricultores assentados e se características socioeconômicas interferem nesta apreciação individual. A pesquisa foi realizada nos assentamentos rurais Santa Rosa e Rancho Grande, situados no Pontal do Paranapanema – SP. Primeiramente foram realizadas entrevistas qualitativas com assentados selecionados por amostra intencional para obtenção dos parâmetros de avaliação do serviço de ATER. A partir deste material elaborou-se um questionário com questões objetivas e diretas que foi aplicado a uma amostra aleatória maior, da qual se obteve as apreciações individuais. A análise estatística de correspondências múltiplas, seguida da classificação hierárquica ascendente, indicou a existência de sete grupos homogêneos de agricultores assentados, evidenciando a influência das características socioeconômicas nas apreciações feitas. Observou-se a existência de grupos satisfeitos e insatisfeitos com os serviços de ATER, o que demanda flexibilização das abordagens da Fundação aos distintos públicos existentes nos assentamentos.  

Palavras-chave

assentado rural, análise de correspondências múltiplas, escala Likert. 
5d018f580e8825ce24480c81 resr Articles

resr

Share this page
Page Sections