Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/doi/10.1590/S0103-20032008000300005
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo Original

O impacto do trabalho infantil no setor agrícola sobre a saúde 

Alexandre Chibebe Nicolella; Ana Lúcia Kassouf; Alexandre Lahóz Mendonça de Barros.

Downloads: 0
Views: 856

Resumo

O objetivo desse artigo é verificar se o trabalho infantil no setor agrícola produz impacto negativo sobre a saúde. Para a análise foram utilizadas as PNADs (Pesquisas Nacionais por Amostra de Domicílios) de 1998 e 2003, que trazem suplemento especial sobre saúde, empregando a técnica econométrica de pseudo-painel. Assim, foram consideradas as crianças de 5 a 15 anos em 1998 e de 10 a 20 anos em 2003. Os resultados mostram que, para os indivíduos economicamente ativos, a atividade no setor agrícola e o trabalho de risco no setor agrícola não diferem dos outros setores, ou seja, trabalhar no setor agrícola não impõe um maior desgaste à saúde em relação aos outros setores da economia. Se considerados todos os indivíduos economicamente ativos, os resultados mostram que o trabalho agrícola não afeta a saúde e que o trabalho não-agrícola tem impacto negativo. Dessa forma, acredita-se que a atuação do governo deve ser setorial, visando uma melhoria no acesso ao sistema de saúde, bem como aos medicamentos, e a promoção da educação materna com relação à saúde.  

Palavras-chave

trabalho infantil agrícola, saúde, pseudo-painel.    
5d054a0e0e8825b224480c82 resr Articles

resr

Share this page
Page Sections