Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/doi/10.1590/S0103-20032009000100004
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

Análise dos determinantes do endividamento das empresas de capital aberto do agronegócio brasileiro

Valéria Gama Fully Bressan; João Eustáquio de Lima; Aureliano Angel Bressan; Marcelo José Braga

Downloads: 0
Views: 893

Resumo

Estudos sobre a estrutura de capital e a identificação de seus determinantes são temas relevantes nas pesquisas envolvendo a gestão financeira das empresas. Neste aspecto, o presente estudo teve como objetivo avaliar os determinantes da alavancagem das empresas do agronegócio brasileiro conforme o modelo de Rajan e Zingales (1995). Na definição da amostra, foram selecionadas 26 empresas que estavam enquadradas em alguma das três subdivisões do agronegócio brasileiro: a) o setor de produção agropecuária; b) setor fornecedor de insumos e fatores de produção e c) setor de processamento e distribuição, com base em classificação da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil). O estudo foi feito com base no banco de dados da Economática®, tendo sido utilizado o modelo de regressão com dados em painel. Os resultados indicaram que as variáveis tangibilidade dos ativos, oportunidadede crescimento, tamanho e lucratividade foram estatisticamente significantes e podem ser interpretadas como fatores determinantes do endividamento das empresas do agronegócio brasileiro. Conclui-se, ainda, que o modelo estimado por meio da regressão com dados em painel gerou resultado compatível com aqueles preconizados pela pecking order theory.

5cfa77660e8825617858d25c resr Articles

resr

Share this page
Page Sections