Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/doi/10.1590/S0103-20032011000400008
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

Soja convencional e transgênica: percepção de atores do SAG da soja sobre esta coexistência

Kelliane da Consolação Fuscaldi; Josemar Xavier de Medeiros; Maria Júlia Pantoja

Downloads: 0
Views: 874

Resumo

O surgimento da variedade de soja transgênica gerou uma exter­nalidade negativa aos produtores convencionais, uma vez que o reconhecimento e a certificação da soja como um produto livre de transgênico passou a implicar custos elevados para que possa ser feita a segregação ao longo das etapas do processo produtivo. Contudo, mesmo havendo possibilidade de contaminação e prejuízos para os produtores não transgênicos, normas de coexistência para estes produtos são praticamente inexistentes. Diante disso, este estudo teve como objetivo investigar parâmetros legais que deveriam constar no marco jurídico brasileiro para regulamentar a matéria. Trata­se de uma pesquisa exploratório­descritiva, em que a coleta de dados foi realizada junto aos representantes de segmentos do Sistema Agroindustrial da Soja (SAG). Para tanto, foi utilizado um roteiro de entrevista semiestruturado composto por questões abertas e dicotômicas. A análise dos conteúdos verbalizados pelos participantes foi feita através do software Alceste, e posteriormente, via análise manual de conteúdo, foi possível validar o exame eletrônico. Algumas categorias de análise emergiram a partir da verbalização dos participantes e os resultados foram organizados e interpretados à luz do quadro referencial da teoria da Nova Economia Institucional, indicando necessidade de regulamentação de parâmetros específicos para se garantir a coexistência dos grãos de soja transgênica e convencional.

Palavras-chave

Coexistência, Soja convencional, Soja transgênica, Ambiente institucional.
5cfea9990e88256a69480c81 resr Articles

resr

Share this page
Page Sections