Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/5e931da50e8825f931dafd06
Revista de Economia e Sociologia Rural
ARTIGO ORIGINAL

ANÁLISE DA COMPETITIVIDADE DO LEITE NO MERCOSUL

JOSÉ CLAUDIO DE FREITAS CRUZ; ERLY CARDOSO TEIXEIRA; LUIZ AURÉLIO RAGGl

Downloads: 0
Views: 215

Resumo

A competitividade do leite produzido na Argentina, no Brasil e no Uruguai e o poder de penetração desse produto no Mercosul são discutidos neste trabalho. Utilizou-se a teoria da localização associada ao modelo de transportes, para determinar a distância máxima de penetração do leite fluido e em po, bem como os custos dessa transferência. Observou-se que, a preços domésticos, o leite da Argentina pode competir com o bràsileiro, até a distância de 81Oquilômetros da fronteira. O leite fluido do Uruguai é competitivo a quase 1.125 quilômetros. O leite em pó do Cone-Sul, comparado ao importado de outros países, mostra-se muito competitivo. Contudo, a atual produção de leite exportãvel da Argentina e do Uruguai é relativamente pequena. Com a eliminação de tarifas no Mercosul, o custo de insumos poderá ser reduzido e, por conseguinte, o custo de produção ·de leite no Brasil, tornando-o mais competitiyo.

Palavras-chave

competitividade do leite; Mercosul.

Referências

BORTOLETO, E.E. & WEDEKIN, V.S.P. Pecuária Leiteira no Brasil. Informações Eco nômicas, IEA, São Paulo, Vol. 20,no 7,p.29-35jul. 1990.

CASCÃO, L.A.F. Localização de Indústrias. Brasília, IPENCENDEC 1978. 27 p. (Mimeografado).

GOMES, S.T.Leite: Produtividade para o Ano 2000. Jornal Estado de Minas, Belo Hori- zonte, 10 de junho de 1989. p.2 (Seção Agropecuária).

GOMES, S.T. A Situação do Leite Frente ao Consumidor. Leite B, São Paulo, 6(59),p.6- ll, set, 1991.

HITCHCOCK, F:L. The Distribution of a Product from Severa! Sources to Numerous Lo- calities, Journal ofMathematics and Phisics, Cambridge, no 20,p. 224-230, 1941.

HOMEM DE MELO,F. Um Diagnóstico Sobre Produção e Abastecimento Alimentar no Brasil. Brasília,1PNUD, 1988.

LEITE B. São Paulo, vol. 4,nol2 dez. pg 12-50,1990.
NICHOLS,T.E. Transportation and Regional_ Development in Agriculture. American

Journal of Agricultura! Economics, vol 51,no5, p.1455-1463, 1969.
PÉRES,J.E.G. A Integração Brasil-Argentina: Um Es_tudo da Competitividade da Produção

de Grãos. IEPE/UFRGS, 1988. (Tese M.S).
PERKINS,P,R. Measuring Economic Competitiveness in Trade, USDA, ERS, Washington, D.C. 1986.

RAGGI,L.A. Método de Solução para Problemas de Localização não Capacitadas. Rio de Janeiro, UFRJ/COPPE, 1987.270p. (tese D.S).

SANTOS, C.V. & FONTES,R.M.O. Mercosul: Uma Análise da Questão Cambial. ln: XXXI

CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL. Ilhéus, 1993. Anais. Brasília: SOBER, vol. II, p. 827-841, 1993.

SNODGRASS, M.M. Linear Prograrnming: New Aproach to Interregional Compeuuon Dairying. Journal ofthe Farm Economics, Menasha, vol.38,n°5,p.1510, dec, 1957. STULP,J.V. O Mercado Comum do Sul e a Agricultura Brasileira Porto Alegre, 1988. (Texto Para Discussão Interna).

WEST, D.A. & BRANDOW,G.E. Space Product Equílibrium -in Dairy Industry ofNorthe- astern in North Central Region, Journal ofFarm Economics, vol.64,no 4,p. 719-731, 1964.


Submetido em:
08/03/1993

Aceito em:
20/10/1993

5e931da50e8825f931dafd06 resr Articles
Links & Downloads

resr

Share this page
Page Sections