Revista de Economia e Sociologia Rural
https://revistasober.org/article/doi/10.1590/1806-9479.2019.178713
Revista de Economia e Sociologia Rural
Artigo original

Os mercados da ovinocultura na pecuária familiar: proposições analíticas da Nova Sociologia Econômica

Markets of sheep farming in family livestock: analytical propositions of the New Economic Sociology

Rodrigo Gisler Maciel; Cláudio Becker; Márcio Zamboni Neske

Downloads: 0
Views: 74

Resumo

Ao revisitar os aportes teóricos da nova sociologia econômica e suas principais contribuições ao estudo dos mercados, buscou-se refletir sobre formas alternativas de compreender a natureza e o funcionamento dos mercados da ovinocultura na pecuária familiar do Rio Grande do Sul, território historicamente atrelado à criação da espécie ovina. Dessa forma, discorreu-se no estilo de um ensaio teórico sobre as principais perspectivas teórico-metodológicas utilizadas atualmente no estudo dos mercados da ovinocultura, suas contribuições e limitações e, de forma complementar, são apresentadas proposições para o estudo dos mercados da ovinocultura na pecuária familiar a partir das recomendações encontradas na abordagem da nova sociologia econômica. Considerações são tecidas em relação ao potencial desta abordagem no que diz respeito à elaboração de uma tipologia para aqueles mercados, contemplando o entendimento do processo de construção social dos mesmos.

Palavras-chave

ovinocultura, pecuária familiar, mercados, Nova Sociologia Econômica

Abstract

Revisiting the theoretical contributions of the new economic sociology and its main contributions to the study of the markets, this article aims to reflect on alternative ways of understanding the nature and functioning of sheep markets in the family livestock of Rio Grande do Sul, which is historically linked to the creation of ovine species. In this way, a theoretical essay was presented on the main theoretical-methodological perspectives currently used in the study of sheep markets, their contributions and limitations, and in addition, propositions are presented for the study of the sheep industry markets on family livestock from the recomendations found in the approach of the new economic sociology. Considerations about the potential of this approach with regard to the elaboration of a typology for those markets are presented, including the understanding of the process of social construction.
 

Keywords

sheep production, family livestock, markets, New Economic Sociology

Referências

Anjos, F. S., Silva, F. N., & Pollnow, G. E. (2016). O sinuoso caminho de construção da qualidade na ovinocultura pampiana: O caso do cordeiro Herval Premium. Estudos Sociedade e Agricultura, 24(1), 287-310.

Barchet, I. (2012). Avaliação da competitividade da cadeia produtiva de carne ovina no Rio Grande do Sul (Dissertação de mestrado). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria.

Canozzi, M. E. A. (2013). Caracterização da cadeia produtiva da carne ovina no Rio Grande do Sul, Brasil. Pesquisa Agropecuária Gaúcha, 19(1-2), 130-139.

Decker, S. R. F., Fernandes, D. A. C., & Gomes, M. C. (2016). Gestão competitiva na produção de ovinos. Revista Agropampa, 1(1), 113-122.

Expointer. (2016). A ovinocultura moderna - por onde começar a mudança? Recuperado em 04 de outubro de 2016, de http://www.expointer.rs.gov.br/circuito-de-palestras-a-ovinocultura-moderna-por-onde-comecar-a-mudanca-57bf6e6c398f0

Felice, Â., Maciel, R. G., & Viana, J. G. A. (2011, outubro 24-26). Produção de carne ovina no Rio Grande do Sul: análise de tendência e sazonalidade produtiva. In III Salão Internacional de Ensino, Pesquisa e Extensão da Unipampa (cd-rom). Uruguaiana: SIEPE.

Fernandes, V. D., & Miguel, L. A. (2016). A presença histórica da pecuária familiar na região da Campanha do Rio Grande do Sul (Santana do Livramento, século XIX). In P. D. Waquil, M. Z. Neske, A. Matte, M. F. S. Borba (Eds.), Pecuária familiar no Rio Grande do Sul: história, diversidade social e dinâmicas de desenvolvimento. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

Gonçalves, O. J., & Martes, A. C. B. (2015). Democracy, markets, and rural development: the case of Small goat-milk farmers in the brazilian northeast. Economia e Sociologia, 16, 25-33.

Granovetter, M. (1985). Economic action and social structure: the problem of embeddedness. American Journal of Sociology, 91(3), 481-510.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. (2007). Utilização das terras dos estabelecimentos agropecuários. In IBGE, org. Censo agropecuário de 2006: resultados preliminares. Rio de Janeiro: IBGE.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. (2016). Efetivo de rebanhos, Ovinos. Recuperado em 01 de julho de 2016, de http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/pecua/default.asp?t=2

Maciel, R. G., Silveira, V. C. P., & Viana, J. G. A. (2013, julho 21-24). Aspectos relacionados a sazonalidade do mercado de carne ovina no Rio Grande do Sul. In Anais do 51º Congresso da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural (pp. 1-13). Belém: SOBER.

Malheiros, M. A. C. (2013). O uso das estratégias de marketing para criação de valor na cadeia produtiva da ovinocultura: o elo do produtor (Dissertação de mestrado). Universidade de Santa Cruz do Sul, Santa Cruz do Sul.

Matte, A., Neske, M. Z., Borba, M. F. S., Waquil, P. D., & Schneider, S. (2016). Mercado de cadeias curtas na pecuária familiar: Um processo de relocalização no território do Alto Camaquã no Rio Grande do Sul/Brasil. Redes, 21(3), 137-158.

Neske, M. Z. (2009). Estilos de agricultura e dinâmicas locais de desenvolvimento rural: O caso da pecuária familiar no Território Alto Camaquã do Rio Grande do Sul (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Niederle, P. A., Schubert, M. N., & Schneider, S. (2014). Agricultura familiar, desenvolvimento rural e um modelo de mercados múltiplos. In S. M. Doula, A. L. C. Fiúza, E. C. Teixeira, J. D. Reis & A. L. R. Lima (Orgs.), A agricultura familiar em face das transformações na dinâmica recente dos mercados. Viçosa: Suprema.

Osório, H. (2016). Pastores e lavradores do Rio Grande, séculos XVIII e XIX. In P. D. Waquil, M. Z. Neske, A. Matte, M. F. S. Borba (Eds.), Pecuária familiar no Rio Grande do Sul: história, diversidade social e dinâmicas de desenvolvimento. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

Polanyi, K. (1980). A grande transformação: as origens da nossa época. Rio de Janeiro: Editora Campus.

Radomsky, G., & Schneider, S. (2007). Nas teias da economia: o papel das redes sociais e da reciprocidade nos processos locais de desenvolvimento. Sociedade e Estado, 22(2), 249-284.

Raud-Mattedi, C. (2005). Análise crítica da Sociologia Econômica de Mark Granovetter: os limites de uma leitura do mercado em termos de redes e imbricação. Política e Sociedade, 4(6), 59-82.

Ribeiro, C. M. (2009). Estudo do modo de vida dos pecuaristas familiares da Região da Campanha do Rio Grande do Sul (Tese de doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Rio Grande do Sul – RS. (1998, junho 08). Lei nº 11.169, de 08 de junho de 1998. Dispõe sobre a produção, circulação e comercialização da carne ovina, lã e seus derivados, cria o Fundo de Desenvolvimento da Ovinocultura do Estado – FUNDOVINOS. Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul.

Rio Grande do Sul – RS. (2010, setembro 13). Lei nº 13.515, de 13 de setembro de 2010. Institui o Programa Estadual de Desenvolvimento da Pecuária de Corte Familiare dá outras providências. Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul, Rio Grande do Sul.

Schneider, S. (2016). Mercados e agricultura familiar. In F. C. Marques, M. A. Conterato, & S. Schneider. Construção de mercados e agricultura familiar: desafios para o desenvolvimento rural. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

Secretaria da Agricultura Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul – SEAPI. (2012). Levantamento pecuário 2012. Recuperado em 01 de julho de 2016, de http://www.dda.agricultura.rs.gov.br/conteudo/3181/?Secretaria_da_Agricultura_divulga_dados_do_Levantamento_Pecu%C3%A1rio_2012_do_RS

Secretaria da Agricultura Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul – SEAPI. (2016). Mais ovinos no campo. Recuperado em 01 de outubro de 2016, de <http://www.agricultura.rs.gov.br/conteudo/1033/?Mais_Ovinos_no_Campo

Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – SEBRAE. (2016). IV seminário de ovinos da campanha será realizado em Santana do Livramento. Recuperado em 04 de outubro de 2016, de http://www.sebrae-rs.com.br/index.php/noticia/3978-iv-seminario-de-ovinos-da-campanha-sera-realizado-em-santana-do-livramento

Silveira, H. S. (2005). Os mercados da ovinocultura na pecuária familiar: Proposições analíticas da nova sociologia econômica (Dissertação de mestrado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Simpósio de Ovinos – SIMPOVINOS. (2016). II Simpósio de ovinos. Recuperado em 04 de outubro de 2016, de http://simposiodeovinos.blogspot.com.br/p/programacao.html

Steiner, P. (2006). A sociologia econômica. São Paulo: Atlas.

Swedberg, R. (2004). Sociologia econômica: Hoje e amanhã. Tempo Social, 16(2), 7-34.

Van Der Ploeg, J. D. (2016). Mercados aninhados recém criados: uma introdução teórica. In F. C. Marques, M. A. Conterato, & S. Schneider, (Eds.), Construção de mercados e agricultura familiar: desafios para o desenvolvimento rural. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

Viana, J. G. A. (2012). Evolução da produção ovina no Rio Grande do Sul e Uruguai: Análise comparada do impacto da crise da lã na configuração do setor (Tese de doutorado). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Viana, J. G. A., & Silveira, V. C. P. (2009). Cadeia Produtiva da ovinocultura no Rio Grande do Sul: Um estudo descritivo. Revista em Agronegócios e Meio Ambiente, 2(1), 9-20.

Viana, J. G. A., Revillion, J. P. P., & Silveira, V. C. P. (2013). Alternativa de estruturação da cadeia de valor da ovinocultura no Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Gestão e Desenvolvimento Regional, 9(1), 187-210.

Viana, J. G. A., Silveira, V. C., Arbage, A. P., Machado, J. A. D. (2012). Governance and transaction costs in the sheep production chain in Rio Grande do Sul, Brazil. African Journal of Business Management, 6(11), 4376-4385.

Waquil, P. D., Neske, M. Z., Matte, A., & Borba, M. F. S. (2016). Pecuária familiar no Rio Grande do Sul: História, diversidade social e dinâmicas de desenvolvimento. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

Wilkinson, J. (2008). Mercados, redes e valores: o novo mundo da agricultura familiar. Porto Alegre: Editora UFRGS.

Wilkinson, J. (2016). Os mercados não vem mais do “Mercado”. In F. C. Marques, M. A. Conterato, & S. Schneider (Eds.), Construção de mercados e agricultura familiar: Desafios para o desenvolvimento rural. Porto Alegre: Editora da UFRGS.

Zero Hora – ZH. (2012). Abate clandestino de ovinos chega a 92% no Brasil. Recuperado em 03 de outubro de 2016, de https://gauchazh.clicrbs.com.br/economia/noticia/2012/07/abate-clandestino-de-ovinos-chega-a-92-no-brasil-3825590.html
 


Submetido em:
18/04/2017

Aceito em:
28/07/2018

5d8a76370e88250a73c51225 resr Articles
Links & Downloads

resr

Share this page
Page Sections